Ficha de Património Imaterial

  • N.º de inventário: PROC/0000000110
  • Domínio: Expressões artísticas e manifestações de carácter performativo
  • Categoria: Manifestações artísticas e correlacionadas
  • Denominação: Os bordados de Glória do Ribatejo – Marcas da Cultura de uma Identidade
  • Contexto territorial:
    Local: Glória do Ribatejo
    País: Portugal.
  • Caracterização síntese:
    A produção e uso dos bordados a ponto de cruz de Glória do Ribatejo está presente no quotidiano desta freguesia há várias gerações. É uma arte popular cujo ponto dominante é o ponto de cruz, podendo as peças bordadas contar com a aplicação dos “bicos” que são adornos que finalizam as extremidades de algumas peças. Este saber-fazer, transmitido oralmente e em contexto prático pelas mulheres glorianas, era aplicado na elaboração de várias peças de vestuário quotidiano, na roupa da casa, e em outros objetos de utilidades diversas. Esta expressão artística e também cultural, era o reflexo de uma necessidade da mulher gloriana que, com muito poucos recursos, tentava dar algum requinte à sua indumentária, que aplicava em todas as peças que costurava à mão; por outro, assinalava um estatuto ou relação pessoal e social. De facto, todos os bordados, além da sua função pessoal e privada, projetam para o espaço público um testemunho de um estatuto, pessoal e social do seu portador. É por isso que estes bordados são, também, uma marca na identidade dos habitantes desta freguesia e fazem parte da sua cultura e das suas tradições. A simbologia e funcionalidade associada à aplicação destes bordados confere-lhes uma autenticidade que os diferencia dos outros bordados, sem qualquer expressão comercial ou de ostentação de riqueza, já que estas peças deixavam transparecer o rigor e o preceito de quem os bordava.
Secretário de Estado da Cultura Direção-Geral do Património Cultural
Logo Por Lisboa Logo QREN Logo FEDER